top of page
780X186.gif
  • Foto do escritorJarbas Vieira

Sombrio padroniza atendimento a gestantes de alto risco



A Secretaria Municipal de Saúde de Sombrio realizou na tarde desta quarta-feira, 25, uma capacitação para seus profissionais da linha de frente de todos os setores, médicos, enfermeiras, técnicos, profissionais do Caps, dentre outros, para o atendimento a gestantes de alto risco.


O médico obstetra especialista em Medicina Fetal, Doutor Paulo Ferreira Júnior, realizou a capacitação com o objetivo de padronizar o atendimento, desde o acolhimento, até a forma como os médicos devem proceder ao descobrirem, ou a receberem de forma emergencial suas pacientes com gravidez de risco para a mãe e para o bebê. “Essa capacitação, de altíssima qualidade, é fundamental para a atualização e manutenção de um pré-natal de excelência na rede pública do município. Acredito que conhecimento é poder, e salva vidas.”, disse o médico do ESF de Boa Esperança, doutor Filipe Simeone dos Santos.


“Essa padronização é muito importante, pois vai reduzir a mortalidade de mães e de bebês de alto risco, vai permitir que todos os médicos ‘falem a mesma língua’, tenham um sistema único de atendimento no município. Ter o suporte da administração nisso é fundamental para termos sucesso em nosso objetivos, em conjunto com todos os setores da saúde municipal, que estão comprometidos com o mesmo objetivo que é a qualidade de vida da população”, reforçou o médico do ESF Central, doutor Tiago Arruda.


“A ideia é elevar a qualidade no atendimento às gestantes, com apresentação do novo protocolo de assistência pré-natal à paciente Sombriense. Durante a tarde, fluxos de encaminhamentos, critérios de diagnósticos e tratamentos foram expostos. A implantação do protocolo, a criação, a melhoria do ambulatório de pré-natal de alto risco e a assistência permanente por especialista qualificado, tem colocado Sombrio no topo da assistência pré-natal do Estado”, comentou o Obstetra.


O médico foi contratado para apoio ao pré-natal de baixo e médio risco. Ficando a disposição das equipes das UBS 24 horas por dia. Prestando assistência e orientando os profissionais na condução das consultas. Assim como responsável pela capacitação continuada desses profissionais. O pré-natal de alto risco, atende, em média, 180 pacientes por mês.

Comments


Banner-758x187.jpg
Sombrio saneamento.png
Logo - Sicoob Credija colorida.png
Professoras Jéssica e Kelly.jpg
Toninho.jpg
Dzam.jpg
João Toys.jpg
bottom of page