Política e informações da região com credibilidade
  • Jarbas Vieira

Secretaria de Saúde de Balneário Gaivota amplia atendimento


A Secretaria de Saúde de Balneário Gaivota passa a contar com dois novos veículos para o transporte de pacientes, além de iniciar a ampliação e reforma da unidade de saúde "Praia da Gaivota".


O bairro Turimar terá sede própria da Unidade de Saúde. O espaço deixará de ser em imóvel alugado e passará a ter sede própria com 244m². O investimento será de mais de R$ 363 mil. Também teve aprovação do governo federal a contratação de mais uma equipe de profissionais para uma Estratégia Saúde da Família (ESF). A cidade possui quase 12 mil pessoas cadastradas para atendimento na saúde.

O setor de saúde também amplia a capacidade de Transporte Fora do Domicílio (TFD) com a chegada de dois novos veículos através de emendas parlamentares. A Sprinter com capacidade para 21 pessoas foi recebida através de emenda do deputado estadual Moacir Sopelsa (MDB). Já o veículo Doblô com capacidade de mais sete passageiros é fruto da emenda parlamentar do deputado estadual Ricardo Guidi (PSD).

Explanação na Câmara

A Secretaria de Saúde elencou aos vereadores em sessão no início do mês na Câmara de Vereadores as ações efetuadas durante a pandemia do coronavírus. Explicou que as ações são realizadas com embasamento nas portarias estaduais e federais. Foi realizado um Plano de Contingência Municipal que pontua questões os horários de atendimento ao cidadão e as ações de sanitizações semanais. Falou sobre a barreira sanitária e os recursos que até o momento teve chegada de R$ 712 mil aproximadamente. A legislação indica a que deve ser destinado: custeio de ações referentes ao covid. Refere-se ao pagamento de exames laboratoriais, as horas extras da equipe, material de limpeza, contratação de profissionais, materiais de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), as gratificações e outros valores a quem atua no combate ao covid-19, dentre outros.

Outra informação foi sobre a paralisação estadual dos atendimentos de média e alta complexidade, o que também paralisou nos municípios. Estes serviços são regulados através do Sisreg (Sistema de Regulação).

Devido a questões administrativas do CIS AMESC (Consórcio Intermunicipal de Saúde), ocorreu a falta de alguns medicamentos em todo o extremo sul, mas a situação está quase normalizada.

Jarbas Vieira 2016
Todos os direitos reservados
Comercial: (48) 3533-3192 / (48) 99966-5326