top of page
780X186.gif
  • Foto do escritorJarbas Vieira

Secretário estadual de Saúde ouve prefeitos e secretários de saúde da AMESC



O secretário estadual de Saúde, André Motta Ribeiro, esteve na sede da AMESC (Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense) para ouvir prefeitos e secretários de Saúde. Parabenizou a atitude colegiada e comprometeu-se em buscar soluções. Retornará em dezembro para analisar os avanços das pautas.


O presidente da AMESC, prefeito de São Joao do Sul, Moacir Francisco Teixeira, avalia positivamente a vinda do secretário André Motta Ribeiro. “Agradecemos por ter aceitado o convite de nos ouvir e ter se comprometido em retornar para dar andamento ao que foi solicitado. Também parabenizo a união de todos os nossos prefeitos e secretários de Saúde, que endossaram documento com as 30 assinaturas comprometidas com a saúde do extremo sul catarinense”.


O secretário estadual de Saúde, André Motta Ribeiro, apresentou o trabalho que o governo estadual tem efetuado em Santa Catarina. Ouviu as necessidades regionais do extremo sul e parabenizou pela atitude colegiada em buscar resolver as demandas de forma regional. “Vem ao encontro do que buscamos. Ao ouvir aos apontamentos de vocês buscaremos as formas de resolver estas dificuldades. Existem algumas situações mais urgentes e mais simples, outras têm resolução de maior tempo. É o momento de construção da oferta e tenho certeza que as coisas devem acontecer, pois quando assumimos o compromisso resolvemos”. Ribeiro confirmou que entre 30 a 45 dias deve retornar à região para analisar questões como vocacionar as demandas hospitalares.


A presidente da CIR (Comissão Intergestores Regional Saúde), secretária de Saúde de Meleiro, Elixsandra da Silva Mota, e o vice-presidente, secretário de Saúde de Arroio do Silva, Rogerio Ferreira da Costa Junior, apresentaram as demandas, que incluem realização de ressonância magnética pelo SUS na região; demandas de alta complexidade no Hospital Regional de Araraguá, mais acesso as consultas e procedimentos de cardiologia, urologia e endovascular, além de atendimento imediato para as gestantes de alto risco no hospital Carmela Dutra enquanto não há atendimento regional. Demandas de oftalmologia também foram citadas, bem como a preocupação com o covid.


Na oportunidade, o prefeito de Araranguá, Cesar Cesa, ainda solicitou um tomógrafo novo para o hospital regional.


O secretário de Articulação Nacional, Lucas Esmeraldino, prestigiou a reunião na AMESC.

Comments


Banner-758x187.jpg
Sombrio saneamento.png
Logo - Sicoob Credija colorida.png
Professoras Jéssica e Kelly.jpg
Toninho.jpg
Dzam.jpg
João Toys.jpg
bottom of page