foto_site_menor_cópia.gif
Política e informações da região com credibilidade
  • Jarbas Vieira

Presidente da Câmara de Araranguá quer o fim do voto de abstenção



Já está em tramitação na Câmara Municipal de Vereadores de Araranguá um projeto de resolução que suprime o artigo primeiro do artigo 204 do regimento interno da Casa Legislativa que autoriza que um dos 15 vereadores se abstenham da votação de projetos, anteprojetos, requerimentos, indicações. A ideia é do presidente do Legislativo Municipal Diego Pires.


Na opinião do vereador e presidente, para sanar dúvidas sobre projetos e outras resoluções o vereador possui tempo hábil. Hoje um vereador que tiver dúvida sobre algum projeto pode acrescentar emendas para melhorar alguma proposição ou votar contra e por isso não é válido o voto de abstenção”, defende.


De acordo com o presidente todos os projetos que vão para votação na semana seguinte sempre são informados aos legisladores. ”Adotamos esse método para que os vereadores araranguaenses possam se debruçar em cima das proposições, possibilitando uma votação coerente e responsável” , disse.


Para aprovação, o projeto de resolução deve ser aprovado por maioria absoluta, ou seja, oito votos.

dieli novo
dieli novo

dieli novo
dieli novo

1/1
Construshop_cópia
Construshop_cópia

Construshop_cópia
Construshop_cópia

1/1
Sombrio saneamento
Sombrio saneamento

Sombrio saneamento
Sombrio saneamento

1/1