top of page
780X186.gif
  • Foto do escritorJarbas Vieira

Jorginho Mello visita Alesc e nos bastidores autoriza aproximação com governo Lula



O governador eleito de Santa Catarina, Jorginho Mello (PL), visitou a Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (17). Em conversa com o presidente do Parlamento, deputado Moacir Sopelsa (MDB), e com líderes de partidos, o próximo chefe do Poder Executivo disse que pretende manter um diálogo aberto com a Casa, e exercer um mandato harmônico com os poderes constituídos.

“A Assembleia Legislativa é um espaço muito plural. É uma Casa que conhece Santa Catarina. Então, mesmo antes da posse, vim aqui para demonstrar o meu respeito pela Alesc. Eu quero trabalhar com a Assembleia de uma forma colegiada, em que a gente possa discutir as matérias importantes para o estado. Assim, a gente consegue evoluir e ter mais fluidez naquilo que a gente vai encaminhar para a Casa”, antecipou o governador eleito.

Jorginho Mello acumula passagens pela Assembleia Legislativa durante a sua trajetória política. Foi deputado estadual entre os anos de 1995 e 2011, chegando a exercer a presidência entre 2009 e 2010. A experiência do governador eleito com o Poder Legislativo catarinense foi destacada pelo presidente da Alesc, deputado Moacir Sopelsa.

“O governador eleito Jorginho Mello conhece esta Casa, tem a experiência desta Casa, e a visita dele aqui hoje demonstra o reconhecimento que ele tem pelo Parlamento. Eu tenho certeza que a Alesc será parceira em todas as ações boas para Santa Catarina. Os poderes são independentes, mas eles têm a obrigação de serem harmônicos. E essa Casa pode contribuir muito com o governo”, ressaltou Sopelsa.

Outra informação importante, colhida nos bastidores, é de que o governador eleito não vai se furtar em buscar parcerias com o Governo Federal do presidente eleito Lula (PT). Para isso quer conversar (alguns garantem que já conversou) com o candidato derrotado Décio Lima (PT). Em paralelo, Gelson Merísio do Solidariedade, já atua para levar demandas do Estado para a equipe de transição. Merísio atuou forte na campanha de Lula e ganhou créditos com o PT nacional. Ele quer fazer a ponte com o governo Jorginho em troca de espaços relevantes para o PT catarinense na Assembleia Legislativa.

Da forma correta, mesmo com o nariz torcido dos mais radicais, Jorginho dá sinais de que não pretende, por questões políticas, privar o Estado dos recursos federais aos quais tem direito. Resta saber se haverá de fato este retorno...

Comments


Banner-758x187.jpg
Sombrio saneamento.png
Logo - Sicoob Credija colorida.png
Professoras Jéssica e Kelly.jpg
Toninho.jpg
Dzam.jpg
João Toys.jpg
bottom of page