top of page
AA_0026_24_BANNER_WEB_SOMBRIO_780x186px.gif
  • Foto do escritorJarbas Vieira

CER-AMESC analisa recomendação para área grave sobre trabalho dos servidores públicos



Diante da classificação como grave na matriz de avaliação de risco da Secretaria de Estado da Saúde, o CER- AMESC (Comitê Extraordinário Regional Covid-19 - Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense) recomenda aos gestores municipais a seguir com o modelo de decreto em vigência. O extremo sul estava como gravíssimo e foi reclassificado como grave, o que implica que teve melhoras diante dos fatores de risco.

O coordenador do CER-AMESC, Caio Robério Barpp da Silva, explica que um dos detalhes do decreto do estado que entra em vigência neste sábado dia 22 é quanto aos serviços públicos nas esferas municipal, estadual e federal, que para a área grave é de que trabalhe com 30% da capacidade, porém o texto do CER indicará com base na realidade local, que no extremo sul apenas haja a redução de servidores, conforme sejam grupo de risco ou tenha possibilidade de home office. “Não iremos adotar exatamente como o indicado devido ao número pequeno de funcionários por setor nas prefeituras. Apenas recomendar que seja controlado os acessos e permitir que funcionários que podem realizar as atividades em home office façam de suas residências”, explica.

Comments


Logo - Sicoob Credija colorida.png
Professoras Jéssica e Kelly.jpg
Toninho.jpg
JM Pavimentação Site Jarbas.jpg
bottom of page