top of page
20336D_BANNER_758-x-187px_menina.gif
  • Foto do escritorJarbas Vieira

Amesc reunida em peso com Saúde estadual para adequar atendimentos de ortopedia



Uma comitiva de peso esteve em Florianópolis nesta terça-feira, 25 de julho, representando o extremo sul catarinense para se reunir com a secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto. O objetivo era o de garantir atendimento de alta complexidade de ortopedia no Hospital Regional de Araranguá e Hospital Dom Joaquim, de Sombrio.


Após uma série de encontros entre representantes dos municípios do extremo sul com a SES (Secretaria de Estado da Saúde), um grande impasse parece ter sido solucionado em reunião que contou com a participação dos prefeitos dos quinze municípios da Amesc, secretários municipais de Saúde e equipe técnica, com a secretária Carmen Zanotto. “Era uma situação que estava exigindo um grande esforço de todos nós, prefeitos e secretários de Saúde, para levar adiante os atendimentos emergenciais de nossa população do extremo sul catarinense”, explica Almides Roberg da Rosa, presidente da Amesc e prefeito de Santa Rosa do Sul.


A demanda represada diz respeito às cirurgias de alta complexidade de ortopedia. Desta forma, a luta era para que o Hospital Regional de Araranguá e também o Hospital Dom Joaquim sejam habilitados nesta área, permitindo que os pacientes da região da Amesc, que já somam mais de 1500, possam ter prioridade nestes procedimentos.

Implante de próteses de joelho e de quadril e cirurgias de coluna estão entre as maiores necessidades. “Até então, o hospital de referência para nós da Amesc era o de Tubarão, em esperas que chegaram a atingir cerca de cinco anos. Com esta habilitação, pretendemos liberar este represamento e agilizar os atendimentos”, pontua Almides.

Kommentit


Sombrio saneamento.png
Logo - Sicoob Credija colorida.png
Professoras Jéssica e Kelly.jpg
Toninho.jpg
Dzam.jpg
João Toys.jpg
1103x274_Ceprag (1).png
bottom of page