top of page
20336D_BANNER_758-x-187px_menina.gif
  • Foto do escritorJarbas Vieira

A minha dica para uma escolha consciente!



Por maior que seja o acirramento da campanha presidencial, com uma avalanche de notícias falsas e crises histéricas de ambos os lados, o eleitor, que assim desejar, pode fazer sua escolha de forma consciente no dia 30 de outubro.


Em uma disputa entre um presidente, que tenta a reeleição, contra um ex-presidente, que busca retornar ao cargo, a comparação entre seus governos é a maneira mais eficiente que o eleitor tem para materializar uma decisão tão importante. E para isso é só deixar um pouco a preguiça de lado e pensar em qual período (antes, ou, agora) sua vida esteve melhor, no aspecto da economia, da segurança, saúde, entre tantos parâmetros, cujo peso cada indivíduo deve dar.


O que não é recomendado é o eleitor votar em Lula porque leu, ou, te disseram que Bolsonaro é "pedófilo", ou, votar em Bolsonaro porque leu, ou, te disseram que Lula vai fechar sua igreja, só para citar dois temas em alta neste segundo turno. Isso é perder o voto, mesmo que o candidato escolhido saia vencedor do pleito.


Se você acha que o País e a sua vida estão melhor no governo de Bolsonaro, vote 22 sem medo. Caso acredite que melhor era no governo Lula, vá de 13 sem exitar. Decida dessa forma e deixe de lado a imprensa, os patrões, líderes religiosos e tantos outros que tentem impor algo a você.


Não há luta do bem contra o mal. Há políticos, com vieses distintos, e suas formas de governarem, já experimentadas pela maioria dos eleitores. Usando este critério, não haverá arrependimentos, independente do resultado!


Comments


Sombrio saneamento.png
Logo - Sicoob Credija colorida.png
Professoras Jéssica e Kelly.jpg
Toninho.jpg
Dzam.jpg
João Toys.jpg
1103x274_Ceprag (1).png
bottom of page