top of page
  • Jarbas Vieira

TCE abrirá investigação sobre contas do CIS-Amesc


Foi decidido ontem em plenário que o TCE fará uma Tomada de Contas Especial para investigar o exercício de 2017 do Consórcio Intermunicipal de Saúde – CIS Amesc, com suspeitas de irregularidades no valor de aproximadamente R$ 4 milhões em empréstimos e execuções de serviços. Além do presidente da época, Ricardo Ghelere, pré-candidato a prefeito de Araranguá pelo PSL, serão arrolados no processo todos os prefeitos do atual mandato, alguns do mandato anterior, ex-secretários de saúde, funcionários do CIS-Amesc e empresas prestadoras de serviços. A partir de agora, será aberto prazo para defesa dos citados.

O principal argumento de Ghelere é de que o CIS-Amesc é uma entidade de direito privado e, o que lhe exime de algumas práticas, como licitações. A Amesc também contratou um escritório de advocacia para a defesa dos prefeitos. Politicamente, para Ghelere, a abertura do processo deverá servir de munição para os adversários na disputa pela prefeitura da Cidade das Avenidas.


Logo - Sicoob Credija colorida.png
Professoras Jéssica e Kelly.jpg
Toninho.jpg
bottom of page