top of page
  • Jarbas Vieira

PP, de novo, frustra planos do governo de Sombrio com o Samae!


A sustação do edital de concessão do Samae de Sombrio, conseguida ontem (19) junto ao TCE pelos progressistas José Eraldo Soares, o Peri, e Gilberto de Oliveira (PP), foi a segunda ação bem sucedida do partido impedindo que o governo do prefeito Zênio Cardoso (MDB) fizesse uma operação com o Samae. Antes, ainda no primeiro mandato, Zênio tinha negociações avançadas com a Casan que renderiam R$ 12 milhões pela concessão, intermediadas pelo então vice-governador Eduardo Moreira (MDB). O PP entrou no circuito, foi até o governador Raimundo Colombo (PSD), que suspendeu as tratativas. Do lado progressistas as justificativas são de que o Samae dá lucro e é um patrimônio do Município, que não pode ser negociado. Já o governo Zênio alega que a autarquia é deficitária, principalmente por conta do alto custo para o tratamento de esgoto, e que os valores que seriam arrecadados serviriam para a realização de diversas obras de infraestrutura. A leitura do governo é a de que o PP está mais preocupado com a repercussão positiva que as obras teriam, do que com o próprio destino do Samae. Na foto, Zênio e Peri aparecem conversando, num clima cordial, durante a primeira sessão do ano da Câmara de Sombrio, no início do mês. Certamente, o Samae não era o assunto...


Logo - Sicoob Credija colorida.png
Professoras Jéssica e Kelly.jpg
Toninho.jpg
bottom of page