foto_site_menor_cópia.gif
Política e informações da região com credibilidade
  • Jarbas Vieira

O agravamento da crise no Hospital Dom Joaquim


Funcionários do ISEV, que administra o Hospital Dom Joaquim de Sombrio, deflagaram greve nesta quinta-feira, dia 17. Estão com dois meses de salários atrasados. A informação sobre a paralisação já circulava desde a última semana, quando o Ministério Público apresentou nota a imprensa, afirmando a obrigatoriedade dos atendimentos no setor de emergência, o que não ocorre pela constante falta de médicos. O SindSaúde afirma que o percentual de 30% de trabalhadores em atividade será mantido. Já o ISEV alega o atraso o recebimento da “produção”, via SUS, que compete ao Governo do Estado. Além dos atrasos normais, em se tratando de Governo, nos bastidores circula a informação de que o ISEV não tem certidões negativas, o que estaria dificultando os pagamentos. Já se vão cerca de 15 anos, desde que as Irmãs Beneditinas deixaram o hospital. Entre fechamentos, greves, e atendimentos precários, pode-se afirmar que em apenas um período, de cerca de dois anos, quando o empresário Vito Basso (Emprendimentos Japonês) presidiu a Associação Hospitalar. No restante, sem desmerecer quem se dispôs a tentar, o Hospital apenas enxugou gelo. E tenhamos certeza. Não será o ISEV, que comprou a estrutura, quem dará jeito na situação.


Sombrio saneamento
Sombrio saneamento

press to zoom
Fabrica de Sonhos
Fabrica de Sonhos

press to zoom
construshop.jpg
construshop.jpg

press to zoom
Sombrio saneamento
Sombrio saneamento

press to zoom
1/3
Ortobom
Ortobom

press to zoom
Fazae
Fazae

press to zoom
Ortobom
Ortobom

press to zoom
1/2
WhatsApp Image 2022-12-01 at 10.41.47.jpeg