top of page
SU-0001-24---gigabanner-758x187.gif
  • Jarbas Vieira

PSDB aposta alto no jogo das coligações!


Com tantos partidos e interesses envolvidos numa eleição para o Governo do Estado, coligar bem é uma necessidade. Não a toa, o mesmo grupo político completará 16 anos de governo em Santa Catarina, num projeto iniciado pelo ex-governador Luiz Henrique da Silveira, logo após vencer a eleição de 2002 com chapa pura. O PSDB, que afirma querer ser cabeça de chapa novamente, mas é que desejado por PSD (leia-se Gelson Merísio)/PP e PMDB colocou um preço alto para quem desejar ter os tucanos irmanados no projeto. A renúncia de Napoleão Bernardes, agora ex-prefeito de Blumenau, faz que o PSDB passe a exigir no mínimo duas das quatro vagas existentes na chapa majoritária. O raciocínio é simples: Paulo Bauer, citado também na Lava Jato, precisa se eleger para garantir o foro privilegiado. Já Bernardes não deixaria o comando da terceira maior prefeitura do Estado para ficar em casa. Se as demais forças políticas não quiserem ceder 2 vagas para os tucanos, o acordo é que concorram com chapa pura, o que fatalmente levaria a eleição para o segundo turno. Neste cenário, se o PSDB passar de fase deverá receber a maioria dos apoios dentre os derrotado. Se não passar, poderá escolher quem apoiar.


Logo - Sicoob Credija colorida.png
Professoras Jéssica e Kelly.jpg
bottom of page