foto_site_menor_cópia.gif
Política e informações da região com credibilidade
  • Jarbas Vieira

Mutirão de catarata em Praia Grande e Araranguá atenderá mais de 800 pessoas


842 pacientes do Sul serão atendidos no mutirão de cirurgias de catarata, que faz parte do Projeto Ver, da Secretaria de Estado da Saúde (SES). Os procedimentos serão realizados no Hospital Regional de Araranguá a partir do dia 26 de março, e no Hospital de Praia Grande, no início de maio. Para receber mais informações sobre os encaminhamentos do Projeto, o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Araranguá, Heriberto Afonso Schmidt, e a gerente Regional de Saúde, Patrícia Gomes Jones Paladini, participaram de uma reunião de trabalho nesta segunda-feira, 19, no gabinete da SES em Florianópolis. A reunião foi com a superintendente de Planejamento e Gestão do SUS, Grace Ella Berenhauser, com a presença da assessora da SES Cecília de Sá Gesser; além do vice-presidente do Instituto Ideas (gestor do HRA), Julhano Capeletti, do diretor técnico do Hospital regional de Araranguá, Eduardo Ali Dominguez e da gerente de enfermagem Larissa Teixeira Martins. A gerente regional de Saúde explica que todos os pacientes que receberão o procedimento já estavam na lista de espera, cadastrados nos Municípios.

Divisão do atendimento

No Hospital Regional de Araranguá serão atendidos a partir da próxima segunda-feira, 26, os pacientes de Araranguá, Balneário Arroio do Silva e outros da Região de Laguna e Tubarão, entre eles Imaruí, Imbituba, Laguna, Pescaria Brava, Capivari de Baixo, Gravatal, Jaguaruna, Pedras Grandes, Sangão, Treze de Maio, Tubarão, Armazém, Braço do Norte, Grão Pará, Rio Fortuna, Santa Rosa de Lima, São Ludgero e São Martinho. Já no Hospital de Praia Grande serão realizados a partir de maio, os procedimentos nos pacientes de Balneário Gaivota, Ermo, Jacinto Machado, Maracajá, Meleiro, Morro Grande, Passo de Torres, Praia Grande, Santa Rosa do Sul, São João do Sul, Sombrio, Timbé do Sul e Turvo. Após a cirurgia, o paciente recebe um kit com óculos escuros e colírio. Cada cirurgia tem um custo de R$ 771,60, conforme tabela do SUS, mais R$ 250,00 de prêmio estipulado pela Comissão Intergestora Bipartite. O valor total do mutirão será custeado com fontes do Ministério da Saúde (MS) e do Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES).


Sombrio saneamento
Sombrio saneamento

press to zoom
Fabrica de Sonhos
Fabrica de Sonhos

press to zoom
construshop.jpg
construshop.jpg

press to zoom
Sombrio saneamento
Sombrio saneamento

press to zoom
1/3
Ortobom
Ortobom

press to zoom
Fazae
Fazae

press to zoom
Ortobom
Ortobom

press to zoom
1/2
WhatsApp Image 2022-12-01 at 10.41.47.jpeg