foto_site_menor_cópia.gif
Política e informações da região com credibilidade
  • Jarbas Vieira

Lideranças debatem soluções para rizicultura


A acentuada queda no preço pago ao produtor pela saca de arroz e as dificuldades de comercialização foram temas de uma reunião entre o presidente da Câmara Setorial do Arroz, deputado estadual Zé Milton com o presidente da CooperSulca, Arlindo Manentti, e o diretor Fernando Bendo, em Turvo. De acordo com Zé Milton é necessário que o governo reveja as políticas de importação e exportação do grão. “A oferta de arroz do Mercosul é um fator de pressão. O custo de produção por saca no Brasil é bem maior que no Uruguai e na Argentina. Além disso, temos a questão tributária que fortalece a importação do produto dos países vizinhos e prejudica o nosso agricultor”, comentou Zé Milton.

Reunião estadualizada

No próximo dia 6, às 14 h, às lideranças voltam a se reunir com o presidente e técnicos da Federarroz para debater e apresentar um estudo a ser encaminhado ao Governo, na busca de medidas de estímulo à comercialização interna, para impor barreiras ao grão importado e de incentivo à exportação. "Nosso objetivo é dar continuidade nas ações, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, de forma unificada e com posicionamentos conjuntos entre o poder público e entidades ligadas ao setor, para que possamos avançar nas medidas de proteção e garantir renda aos produtores", frisou Zé Milton. Ele citou mecanismos do Ministério da Agricultura como a realização de leilões de Prêmio de Escoamento de Produto (PEP) para estimular a retirada do cereal da região produtora. “O mecanismo permite também o escoamento do arroz para o exterior e com isto favorecemos os rizicultores com aumento de suas receitas”, finalizou.


Construshop_cópia
Construshop_cópia

press to zoom
1/1
Revestir Jaison 2
Revestir Jaison 2

press to zoom
Sombrio saneamento
Sombrio saneamento

press to zoom
1/2
Anuncio Câmara.jpg