Política e informações da região com credibilidade
  • Jarbas Vieira

Peri diz que parcelamento de salários seria problema de gestão!


Líder do PP, o vereador José Eraldo Soares, o Peri, não perdeu a oportunidade de criticar a Administração de Sombrio, por conta da notícia do possível parcelamento de salários. Ao elogiar a presidência da Câmara, pela devolução de recursos que resultou no pagamento integral do mês de outubro, Peri contestou a informação de que a receita municipal diminuiu. Segundo ele, de janeiro a setembro de 2016 o Município arrecadou R$ 46 milhões. No mesmo período, em 2017, a arrecadação foi de R$ 55 milhões. Um aumento de praticamente 11%. “Pelo que a gente observa, com base no portal da transparência, está havendo mais má gestão do que falta de receita. A reposição aos servidores foi de apenas 4%. Arrecadação tem. O dinheiro foi arrecadado, mais que em 2016. Pra onde estão indo os recursos arrecadados? Será que não há um número exagerado de cargos comissionados? Será que precisa?”, indagou, afirmando que o Município não está realizando nenhuma obra com recursos próprios, ou, pagando contrapartidas, algo que justificaria a falta de recursos.

Vereadores da base reagem

Após as críticas dos progressistas, os vereadores da base se manifestaram. Líder do governo, o vereador Edson Martins da Rosa, o Som (PMDB), afirmou que o prefeito Zênio é um grande gestor. “A população aumentou e as despesas do Município com educação e saúde também”, comentou. Já o presidente Nego Gomes (PMDB) disse não ter dúvidas de que a segunda gestão de Zênio será exitosa. “Tenho certeza que ele fará o segundo melhor mandato da história de Sombrio, sendo que o primeiro já é o dele. São muitas obras já encaminhadas, com recursos em caixa”, ponderou Nego.


Jarbas Vieira 2016
Todos os direitos reservados
Comercial: (48) 3533-3192 / (48) 99966-5326