foto_site_menor_cópia.gif
Política e informações da região com credibilidade
  • Jarbas Vieira

A síntese da audiência sobre a Lagoa do Sombrio


Mobilizar pessoas para a discussão de um problema é sempre válido. Este foi o maior mérito da audiência pública, promovida pela Câmara de Sombrio, através de iniciativa do presidente Nego Gomes (PMDB), para tratar da conservação da Lagoa do Sombrio. Porém, como foi bastante ressaltado, é preciso sair do campo das ideias para as ações práticas que envolvem disposição das autoridades competentes e recursos financeiros. A lagoa tem amplo potencial para pesca, turismo e abastecimento, e dois problemas crônicos: a proliferação de braquiárias, planta exótica ao ecossistema, e a diminuição da lâmina d’água. Nas falas da comunidade e das autoridades percebeu-se a complexidade do tema. Enquanto a população quer soluções imediatas, como pelo menos a retirada das braquiárias, as autoridades esbarram na necessidade de licenças e autorizações da FATMA que, nem um representante sequer mandou a audiência e nunca se mostrou interessada no tema. Em contato com técnicos da Fundação Ambiental, o ativista Edmilson Colares ouviu que as braquiárias só podem ser retiradas manualmente, sem o uso de máquinas, o que inviabiliza a ação. Já o prefeito Zênio Cardoso (PMDB) lembrou das conseqüências de ações não autorizadas pelo órgão, lembrando que o Município foi multado em R$ 5 mil no mesmo dia em que tentou canalizar um córrego no centro da cidade. Enquanto as questões burocráticas e financeiras não são vencidas, a lagoa definha. Se não houver esforço e uma cobrança sistemática sobre as autoridades por ações de curto, médio e longo prazo o pior certamente irá acontecer.


Construshop_cópia
Construshop_cópia

press to zoom
Construshop_cópia
Construshop_cópia

press to zoom
1/1
Revestir Jaison 2
Revestir Jaison 2

press to zoom
Sombrio saneamento
Sombrio saneamento

press to zoom
Revestir Jaison 2
Revestir Jaison 2

press to zoom
1/2
Anuncio Câmara.jpg