foto_site_menor_cópia.gif
Política e informações da região com credibilidade
  • Jarbas Vieira

A rixa entre vereadores e o diretor de esportes de Sombrio


Faz tempo que alguns vereadores de Sombrio e o diretor de Esportes, Fernando Ferreira, o Chimia não falam a mesma língua. No início do ano, inclusive, foi produzido um documento com a assinatura dos parlamentares pedindo a sua saída do cargo. O prefeito Zênio Cardoso (PMDB) tomou ciência do movimento, mas optou por mantê-lo na função. Na sessão de ontem (2) do Legislativo, houve um novo episódio da rixa. Alguns vereadores se queixaram de não receberem o convite para o ato de liberação de equipamentos e convênio com a Fesporte, ocorrido no dia 22 de setembro. Houve até um debate acalorado entre o vereador Edson Martins da Rosa, o “Som” (PMDB), que esteve no ato, e os vereadores Carlinhos Gomes (PMDB) e Peri (PP) que não prestigiaram a solenidade. No uso da tribuna o presidente da Casa, Nego Gomes (PMDB), disse que não passou o convite aos parlamentares porque o ofício enviado a Câmara não continha a data do ato. Nego também questionou o fato de o valor (numérico) do convite estar errado, descrevendo repasse de R$ 120,00 quando seriam R$ 120 mil. “Se ele é tão esperto, como pode escrever um convite dessa forma. Não repassei aos vereadores porque não havia a data e também um convênio de R$ 120 reais não merece uma solenidade”, comentou Nego. A cutucada do presidente foi uma espécie de “troco” ao diretor de Esportes que, durante a polêmica envolvendo a realização do campeonato de futebol, teria questionado, em uma emissora de rádio, a capacidade intelectual dos vereadores. E assim, a polêmica segue...


Sombrio saneamento
Sombrio saneamento

press to zoom
Fabrica de Sonhos
Fabrica de Sonhos

press to zoom
construshop.jpg
construshop.jpg

press to zoom
Sombrio saneamento
Sombrio saneamento

press to zoom
1/3
Ortobom
Ortobom

press to zoom
Fazae
Fazae

press to zoom
Ortobom
Ortobom

press to zoom
1/2
WhatsApp Image 2022-12-01 at 10.41.47.jpeg