foto_site_menor_cópia.gif
Política e informações da região com credibilidade
  • Jarbas Vieira

Vereador Peri é condenado por crime de boca de urna


Justiça Eleitoral da Comarca de Sombrio deferiu sentença com relação ao episódio envolvendo o então candidato, e hoje vereador do Município, José Eraldo Soares, o Peri (PP), no dia da eleição. Na oportunidade Peri foi acusado de crime de boca de urna no local da votação, sendo conduzido até a delegacia onde aguardou numa sala até o término da eleição. O Juiz Pablo Araldi considerou o vereador culpado, deferindo-lhe pena de oito meses e cinco dias de detenção, em regime semi-aberto, perda dos direitos políticos e multa de 10 mil UFIRs. O magistrado concedeu a Peri o direito de recorrer da sentença em liberdade. O vereador já havia sido condenado, recentemente, com a perda do mandato, pela acusação de captação ilícita de sufrágio, decisão da qual está recorrendo junto ao TRE. Sobre o crime de boca de urna, o progressista sempre alegou inocência, dizendo ser vítima de um mal entendido e de uma denúncia de uma fiscal do PMDB. Segundo os autos do processo, na oportunidade, quando a Polícia Militar lhe fez a revista, encontrou consigo quatro santinhos contendo o seu número e o número do candidato a prefeito.


Construshop_cópia
Construshop_cópia

press to zoom
1/1
Revestir Jaison 2
Revestir Jaison 2

press to zoom
Sombrio saneamento
Sombrio saneamento

press to zoom
1/2
Anuncio Câmara.jpg