foto_site_menor_cópia.gif
Política e informações da região com credibilidade
  • Jarbas Vieira

Os números de 2008, 2012 e o caminho para a vitória em 2016!


O PP fala abertamente em virada. Já no PMDB ecoa um coro velado de uma vitória na casa dos 3.000 votos. Amanhã, dia 02, por volta das 18 horas, saberemos se algum dos lados acertou com relação ao resultado da eleição de Sombrio, disputada entre Zênio Cardoso (PMDB) e Gilberto Oliveira (PP). Para saber o caminho que cada um precisará percorrer para atingir seus objetivos, é preciso olhar pelo retrovisor e acompanhar os números das eleições anteriores. De imediato aviso que as votações dos candidatos Xico da Caixa do PT (2008) e Jucemar Custódio do PSDB (2012) não foram mencionadas, já que a disputa atual tem apenas dois candidatos. Ambos ficaram em terceiro lugar nas respectivas eleições. Em 2008, quando o PP venceu, Jusa foi o mais votado em 12 dos 17 bairros. Zênio só venceu em cinco. Naquela eleição, o progressista teve a maior diferença numérica no bairro Januária (428 votos). Além disso, venceu bem no Centro (309 votos) e na São Luiz (218 votos). No final Jusa ganhou o pleito com uma diferença de 1.348 votos sobre Zênio.

A eleição de 2012

Já em 2012, na reedição da disputa, Zênio venceu em 13 das 17 urnas, enquanto Jusa foi o mais votado em apenas quatro. A maior diferença numérica foi registrada no Centro, a favor de Jusa (389 votos). Já a maior diferença proporcional foi de Zênio no Morro do Cipó, com o famoso três por um. Para vencer, Zênio reverteu números importantes da eleição anterior. Na Januária, onde havia sido “goleado” venceu com 204 votos, nesta que, sem dúvidas, foi a derrota mais sentida pelo PP. Além disso, Zênio reverteu outras votações em grandes colégios eleitorais, como São José e São Luiz. Além do Centro, Jusa manteve as vitórias apenas no Parque das Avenidas, Santa Fé e Furnas, porém, todas com diferenças menores. Por conta disso, o candidato do PMDB saiu de uma derrota 1.348 votos para uma vitória com 625 votos. Jusa fez 8.293 votos em 2008 e 8073 em 2012, ou seja, menos 220 votos. Já Zênio saiu 6945 votos em 2008 para 8698 em 2012, portanto, aumentou em 1753 a sua votação.

Os objetivos para 2016

Se o PP quiser voltar ao comando da prefeitura, promovendo a virada que está sendo propagada, terá que manter o desempenho no Centro e melhorar, com relação em 2012, a votação em bairros populosos como Januária, São José e São Luiz. O mantra progressista dessa eleição é de que o governo Zênio “esqueceu” dos bairros e do interior. Logo, se a tese for confirmada pelo eleitor, a vitória é possível. Já para o PMDB, que fala em “vencer” com autoridade, é primordial ganhar bem no Centro, algo que não aconteceu nos pleitos anteriores. É notória a atenção que Zênio deu ao bairro, promovendo grandes investimentos de infraestrutura, ou seja, essa expectativa não é infundada. Além disso, será necessário manter e melhorar o desempenho de 2012 nos outros grandes colégios eleitorais, além da supremacia no interior. Os números estão aí, portanto, façam suas apostas.


Construshop_cópia
Construshop_cópia

job 6931 banner 275x298px
job 6931 banner 275x298px

Construshop_cópia
Construshop_cópia

1/2
Revestir Jaison 2
Revestir Jaison 2

Anuncio Mark
Anuncio Mark

Sombrio saneamento
Sombrio saneamento

Revestir Jaison 2
Revestir Jaison 2

1/3
Maracajá - REFIS.jpg
Cartão Lola ARTE
Cartão Lola ARTE

dieli novo
dieli novo

Cartão Lola ARTE
Cartão Lola ARTE

1/2