foto_site_menor_cópia.gif
Política e informações da região com credibilidade
  • Jarbas Vieira

A importância de Cezar Luchina na unidade da base


Se no mandato passado a cada eleição para presidência da Câmara era um “Deus nos acuda”, sendo registradas várias surpresas e reviravoltas, como as posses de José Possamai (PP) e Elizandro Guimarães, o Grosso (PSD), na atual legislatura houve um roteiro seguido do início ao fim, com todos os vereadores de situação assumindo a presidência. O acerto foi possível graças a fidelidade da base e o desprendimento do vereador Cezar Lucinha (PR) que abriu mão de seis meses de seu exercício para que todos pudessem ser contemplados. No acordo que trouxe o então PSD para a base aliada, arquitetado pelo prefeito Zênio Cardoso (PMDB), Cezar exerceria a presidência por dois anos. Acabou ficando um ano e meio, oportunizando que Edson Martins da Rosa, o Som (PMDB), Daniel Bitencourt Cardoso (PSB), Ademir Cardoso (PSD), Lucas Coelho (PMDB) e agora Nego Gomes (PMDB), pudessem ser presidente seis meses cada. Um acordo dessa amplitude foi um feito inédito protagonizado pela atual legislatura.


job 6891 BANNER 275X298
job 6891 BANNER 275X298

Construshop_cópia
Construshop_cópia

job 6891 BANNER 275X298
job 6891 BANNER 275X298

1/2
Anuncio Mark
Anuncio Mark

Sombrio saneamento
Sombrio saneamento

Anuncio Mark
Anuncio Mark

1/2
dieli novo
dieli novo

dieli novo
dieli novo

1/1