Política e informações da região com credibilidade
  • Jarbas Vieira

Municípios podem ter que bancar cirurgias eletivas


Depois de o Governo do Estado suspender por tempo indeterminado a realização de cirurgias eletivas através dos hospitais filantrópicos, iniciou-se uma mobilização regional para manter o atendimento aos pacientes que estão na fila para os procedimentos. Em reunião do colegiado de secretários municipais de Saúde ficou decido, após consentimento dos hospitais, que será formulada uma proposta para que as Prefeituras mantenham o atendimento. “Estamos formatando um documento que será enviado ao presidente da Amesc, Nei Zanette, pedindo a convocação de uma reunião para discutir o assunto. O que não podemos é deixar as pessoas que necessitam de cirurgias aguardando por tempo indeterminado”, comenta o presidente do colegiado, Leandro Fernandes, secretário de Saúde de Ermo. O problema é que as prefeituras também encontram dificuldades financeiras e certamente não terão capacidade para atender toda a demanda. Só para registro, enquanto o Estado corta recursos da saúde as ADR’s continuam a todo o vapor.


Jarbas Vieira 2016
Todos os direitos reservados
Comercial: (48) 3533-3192 / (48) 99966-5326