Política e informações da região com credibilidade
  • Jarbas Vieira

O raio-x da relação PP e PSD na região!


Fruto de um alinhamento político antigo e também do que tende a ser a nova ordem da política estadual, PSD e PP apresentam-se bastante irmanados para a eleição deste ano. Analisando o cenário de cada Município percebe-se um equilíbrio do protagonismo das siglas, o que comprova o crescimento do partido do governador na região. São oito alianças consumadas e cinco ainda possíveis, devido a indefinição dos cenários. Por enquanto, as siglas serão adversárias apenas em dois municípios.

Araranguá – Devem estar juntos. O PSD tenta compor como vice de Mariano Mazzuco (PP) que, também flerta com o PR para o mesmo posto. O PMDB observa.

Balneário Arroio do Silva – Adversários. A relação mudou de aliados em 2012 para adversários em 2016. Ambos lançarão candidatos com Fernando Borges (PP) e Juscelino Guimarães (PSD) encabeçando as chapas.

Balneário Gaivota – Aliados. O prefeito Ronaldo Pereira (PP) concorrerá a reeleição com um vice do partido, sendo o ex-prefeito de Sombrio, Evânio Machado, o mais cotado.

Ermo – Aliados. O PP apoiará na chapa proporcional a candidatura à reeleição do prefeito Aldoir Cadorin, que terá um vice do PMDB.

Jacinto Machado – Indefinido. O PP sonha com o apoio do PSD para a candidatura de Adelor Emerich, porém, Valdomiro Recco, principal liderança do partido, tem trânsito livre também dentro do PMDB.

Maracajá – Adversários. O PP será vice do tucano Arlindo Rocha. Já o PSD irá compor a chapa majoritária com o PMDB, que terão como candidatos Valmir Carradore e Bete Brambilla. Único caso onde nenhuma das siglas será protagonista da eleição.

Meleiro – Indefinido. Aliados em 2012, tanto podem ser adversários diretos em 2016, como podem ainda formar uma nova aliança. Hoje, ambos sinalizam candidaturas próprias.

Morro Grande – Aliados. A dupla Valdo Rocha (PSD) e Poka (PP) irá reeditar a chapa vencedora em 2012.

Passo de Torres – Aliados. O PSD deve indicar o vice Paulo Cordeiro como candidato a prefeito, tendo o progressista Valmir Rodrigues como candidato a vice.

Praia Grande – Aliados. O PSD irá apoiar a candidatura do progressista Elizandro Pereira, o Fanica, a prefeito, para tentar quebrar a supremacia de seis vitórias consecutivas do PMDB. Deve compor na cabeça de chapa, ou, ceder o espaço caso consigam um aliado de peso.

Santa Rosa do Sul – Aliados. O prefeito Nelson Cardoso (PSD) e o vice Nelmo Emerin (PP) irão repetir a chapa.

São João do Sul – Indefinido. O PSD ficou sob o comando do atual vice-prefeito Moacir Teixeira que queria (e por enquanto não conseguiu) o apoio do PMDB para sua candidatura a prefeito. Por conta disso, PP e PT flertam com o partido, mas sem indicativos de que lhe oferecerão a cabeça de chapa.

Sombrio – Aliados. Os partidos comporão a chapa majoritária, restando definir a ordem e os indicados. O PSD trabalha os nomes de Ademir da Silva, o Dema, e do vice-prefeito Valmir Daminelli. Já os progressistas trabalham com a trinca Professor Jusa, Cristian Rosa e Teco Silvério.

Timbé do Sul – Aliados. O PP indicará o candidato a prefeito, Beto Biava. Já o PSD deve participar da coligação, que contará também com o PSDB, porém em posição indefinida.

Turvo – Indefinido. O projeto de candidatura única do peemedebista Tiago Zilli continua muito forte, logo PP e PSD podem participar do chapão, juntos, ou, separados, caso os progressistas optem por bancar uma candidatura de oposição.


Jarbas Vieira 2016
Todos os direitos reservados
Comercial: (48) 3533-3192 / (48) 99966-5326