foto_site_menor_cópia.gif
Política e informações da região com credibilidade
  • Jarbas Vieira

Os resultados da Operação da Polícia Federal


Operação Água de Prata da Polícia Federal cumpriu hoje 34 mandados de busca e apreensão, quatro de prisão preventiva e 17 de condução coercitiva em 18 cidades do Estado. Das quatro prisões preventivas, uma diz respeito ao superintende da Funasa, com quem foram encontrados R$ 110 mil em espécie. As demais prisões ocorreram em Concórdia, Araranguá e Siderópolis. As investigações se concentraram nas cidades de Orleans, Siderópolis, Cocal do Sul e Turvo, onde apontaram irregularidades na execução de obras de saneamento básico, como medições equivocadas e emprego de materiais de menor qualidade. A Polícia Federal diz que por hora não a confirmação da participação de gestores públicos no esquema. Em apenas três obras fiscalizadas, os desvios somariam cerca de R$ 2 milhões. Cerca de 150 Agentes Federais cumpriram as diligências em Criciúma, Orleans, Siderópolis, Cocal do Sul, Jacinto Machado, Araranguá, Sombrio, Balneário Gaivota, Turvo, Santa Rosa do Sul, Arroio do Silva, Forquilhinha, Meleiro, Urussanga, Florianópolis, São José e Concórdia. Os envolvidos responderão pelos crimes de peculato, estelionato, fraude em licitações, uso de documento falso, falsificação de documento público, advocacia administrativa, organização criminosa e lavagem de dinheiro, dentre outros.


job 6891 BANNER 275X298
job 6891 BANNER 275X298

Construshop_cópia
Construshop_cópia

job 6891 BANNER 275X298
job 6891 BANNER 275X298

1/2
Anuncio Mark
Anuncio Mark

Sombrio saneamento
Sombrio saneamento

Anuncio Mark
Anuncio Mark

1/2
dieli novo
dieli novo

dieli novo
dieli novo

1/1