Política e informações da região com credibilidade
  • Jarbas Vieira

Reajuste do salário mínimo regional


Deputado estadual Manoel Mota (PMDB) votou favoravelmente ao Projeto de Lei Complementar (PLC) 2/2016, que reajusta o salário mínimo catarinense. Como membro da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público, o parlamentar externou a importância da proposta. “Serão quatro faixas do salário mínimo estadual para contemplar os trabalhadores da agricultura, indústria e demais áreas. É um passo importante neste momento de crise. Como vim de origem humilde, tenho certeza que muitas famílias serão beneficiadas com este reajuste", comemora Mota. Os trabalhadores beneficiados pela medida receberão o reajuste retroativo a 1º de janeiro.

Valores do salário mínimo estadual:

Primeira faixa

Piso atual: R$ 908

Piso proposto: R$ 1.009

Trabalhadores: na agricultura e na pecuária; nas indústrias extrativas e beneficiamento; em empresas de pesca e aquicultura; empregados domésticos; em turismo e hospitalidade; nas indústrias da construção civil; nas indústrias de instrumentos musicais e brinquedos; em estabelecimentos hípicos; e empregados motociclistas, motoboys, e do transporte em geral, excetuando-se os motoristas.

Segunda faixa

Piso atual: R$ 943

Piso proposto: R$ 1.048

Trabalhadores: nas indústrias do vestuário e calçado; nas indústrias de fiação e tecelagem; nas indústrias de artefatos de couro; nas indústrias do papel, papelão e cortiça; em empresas distribuidoras e vendedoras de jornais e revistas e empregados em bancas, vendedores ambulantes de jornais e revistas; empregados da administração das empresas proprietárias de jornais e revistas; empregados em empresas de comunicações e telemarketing; e nas indústrias do mobiliário.

Terceira faixa

Piso atual: R$ 994

Piso proposto: R$ 1.104

Trabalhadores: nas indústrias químicas e farmacêuticas; nas indústrias cinematográficas; nas indústrias da alimentação; empregados no comércio em geral; e empregados de agentes autônomos do comércio.

Quarta faixa

Piso atual: R$ 1.042

Piso proposto: R$ 1.158

Trabalhadores: nas indústrias metalúrgicas, mecânicas e de material elétrico; nas indústrias gráficas; nas indústrias de vidros, cristais, espelhos, cerâmica de louça e porcelana; nas indústrias de artefatos de borracha; em empresas de seguros privados e capitalização e de agentes autônomos de seguros privados e de crédito; em edifícios e condomínios residenciais, comerciais e similares, em turismo e hospitalidade; nas indústrias de joalheria e lapidação de pedras preciosas; auxiliares em administração escolar (empregados de estabelecimentos de ensino); empregados em estabelecimento de cultura; empregados em processamento de dados; empregados motoristas do transporte em geral; e empregados em estabelecimentos de serviços de saúde.


Jarbas Vieira 2016
Todos os direitos reservados
Comercial: (48) 3533-3192 / (48) 99966-5326