foto_site_menor_cópia.gif
Política e informações da região com credibilidade
  • Jarbas Vieira

A resposta da assessoria do deputado Zé Milton


Segue informação enviada pela assessoria do deputado estadual Zé Milton a respeito do post “A relação de Zé Milton com Sombrio”:

“Jarbas, é preciso que tu ressalves 3 tópicos na matéria, para uma avaliação melhor do tema.

1 - O prefeito de Sombrio nunca esteve no Gabinete do Deputado Zé Milton ou no Escritório Regional apresentando um projeto sequer para obter recursos; a única vez que pediu, foi durante a solenidade no Hospital Dom Joaquim, onde o prefeito solicitou uma ambulância e o Zé Milton se comprometeu, tanto que já começou as ações na Secretaria de Estado da Saúde para a viabilização da mesma;

2 - No início do mandato do prefeito, foram disponibilizados recursos para a construção de academias ao ar livre, por solicitação dos vereadores, Queu, Alcione, Miguel e Zezinho, e o prefeito rejeitou;

3 - Quando foram liberados os R$ 300 mil para o Hospital Dom Joaquim que o Zé Milton intercedeu. Houve o infeliz acontecimento de ter sido "barrado", na Prefeitura, no ato da entrega.

Assim, mesmo sem nenhum pedido da Prefeitura, o deputado neste período liberou recursos para a APAE, Hospital, Creches e entidades de Sombrio.”

A nota é relevante, justifica, mas não explica alguns fatos:

- De fato o prefeito nunca esteve no gabinete, mas não dá para afirmar que Zé Milton e Zênio nunca conversaram sobre o assunto. A foto em destaque é de um encontro na Assembleia Legislativa onde o vereador Cezar Luchina, hoje no PR, solicitou junto com Zênio recursos do Fundo Social. Inclusive a foto mostra o progressista assinando o recebimento do ofício. Na época cada deputado tinha algo em torno de R$ 2 milhões para indicações.

- Sobre os projetos, Sombrio assim como os demais municípios, cadastraram dois projetos para receber recursos do Fundam. Vários deputados estaduais, Manoel Mota (PMDB), Ada de Lucca (PMDB), Altair Guidi (PPS), só para citar alguns, encaminharam recursos através desses projetos. Se o deputado progressista quisesse também poderia fazer o mesmo.

- Sobre as academias ao ar livre, a prefeitura alegou que já tinha recursos empenhados para este fim e solicitou ao deputado que revertesse a verba para outra área, como pavimentação de ruas, por exemplo, o que não aconteceu...

- Estes posts não têm como objetivo defender ou ofender A ou B, como alguns leitores têm interpretado. Eles só buscam esclarecer alguns fatos que mostram como questões políticas podem atrapalhar o desenvolvimento de Sombrio. Se eu fosse deputado e tivesse recebido uma votação maciça da minha cidade, iria mover mundos e fundos para retribuir essa votação. Cada vez que o prefeito recusasse receber um recurso, noticiaria amplamente o fato, para dar uma satisfação aos moradores desta cidade. Assim como, se eu fosse prefeito e a minha cidade tivesse um deputado amplamente votado, de outro partido, moverias mundos e fundos para receber recursos de seu gabinete. A cada negativa, noticiaria amplamente o fato para também dar uma satisfação aos moradores desta cidade. Mas, como sou um mero jornalista, só me resta noticiar, provocar a discussão, na esperança que as coisas mudem, para melhor. Como disse no post anterior, ainda há tempo para zerar essa conta!


job 6891 BANNER 275X298
job 6891 BANNER 275X298

Construshop_cópia
Construshop_cópia

job 6891 BANNER 275X298
job 6891 BANNER 275X298

1/2
Revestir Jaison 2
Revestir Jaison 2

Anuncio Mark
Anuncio Mark

Sombrio saneamento
Sombrio saneamento

Revestir Jaison 2
Revestir Jaison 2

1/3
dieli novo
dieli novo

dieli novo
dieli novo

1/1